I Colóquio Interdisciplinar de Estudos da Linguagem: decolonialidade e diálogos de resistência

10/7/2020

Em 2020, o PET Letras Ufal apresenta o I Colóquio Interdisciplinar de Estudos
da Linguagem
, com o tema “Decolonialidade e diálogos de resistência”. O evento tem o
objetivo de, por meio das discussões dos temas propostos, integrar ainda mais a
comunidade acadêmica de Letras e outras áreas de maneira interseccional. O colóquio
contará com conferências, minicursos, mesas redondas e apresentações artísticas, por
meio de plataformas virtuais, nos dias 30 e 31 de julho.


A proposta temática surgiu a partir dos 520 anos da chegada dos portugueses ao
Brasil e propõe impulsionar reflexões acerca das marcas deixadas pela colonialidade.
Dessa forma, o tema do colóquio adota a perspectiva decolonial, no campo das Letras, e
debate sobre as consequências que a colonização deixou nos países colonizados e sobre
como essas consequências são fortalecidas a partir da linguagem, ao mesmo tempo em
que, através do pensamento decolonial, ela passa a ser usada como forma de resistência.


A partir dos estudos decoloniais, percebe-se que as relações de poder entre os
grupos colonizadores e os grupos colonizados ainda permanecem determinando o
funcionamento do mundo e ditando essas interações. Logo, a “ferida colonial” estabelece
a forma como corpos específicos passam a existir e a ocupar os ambientes. Por meio da
decolonialidade, busca-se problematizar as formas dominantes e universais construídas
sob um sistema mundial essencialmente hegemônico e eurocêntrico, e legitimar outras
narrativas de grupos que por muito tempo foram silenciados.


Atualmente, esses grupos continuam reafirmando as lutas passadas e criando
novas formas de resistir. Entende-se que a linguagem potencializa as relações de poder e
através dela é possível que os sujeitos atuem socialmente a partir de suas vivências
históricas e ocupem o espaço que lhes foi negado a partir da colonização.


Assim, convidamos todas/os a participarem do nosso I Colóquio Interdisciplinar
de Estudos da Linguagem
e a contribuírem com os debates sobre decolonialidade, em
diálogo com as manifestações de resistência.

 

Links para inscrição e programação detalhada:

 

 


 

 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO DO BLOG

Please reload

CATEGORIAS

Please reload